Qualidade de vida: 9 cidades brasileiras para viver bem

Quando se pensa em uma boa cidade para viver, ainda que alguns prefiram praia e outros montanha, existem parâmetros que são comuns para todos no momento da decisão. Alguns desses fatores são infraestrutura do município, saúde, segurança, educação e tudo mais o que lhe permita ter boa qualidade de vida e tranquilidade. Ainda que os motivos para se mudar sejam variados, uma coisa é certa: o bem-estar no dia a dia é essencial para quem planeja uma mudança. Sendo assim, se você não está satisfeito com sua cidade atual ou pretende investir, acompanhe o post de hoje e veja 9 cidades brasileiras para viver bem.

  1. Balneário Camboriú, Santa Catarina

Localizada no litoral norte de Santa Catarina, Balneário Camboriú é referência na construção de arranha-céus com apartamentos de luxo, sendo uma cidade com ótima infraestrutura urbana. A maior fonte da economia vem do turismo, devido às belas praias, e da construção civil, ganhando o apelido carinhoso de Dubai Brasileira. Inclusive, os imóveis da região se valorizam cada vez mais e muitos procuram uma imobiliária em Balneário Camboriú para mudar-se para o município, seja por aluguel anual ou compra.

  1. Brasília, Distrito Federal

A capital do Brasil foi a primeira cidade completamente planejada de nosso país, sendo construída em formato de avião baseada no que ficou conhecido como “Plano Piloto”. Inclusive, Brasília é considerada a maior cidade construída do século XX e foi desenhada pelos arquitetos Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. Com mais de 3 milhões de habitantes, esse é um dos municípios mais miscigenados do país, assim como possui alto IDH e renda per capita.

  1. Curitiba, Paraná

A cidade modelo é uma das melhores cidades para se morar, principalmente para quem gosta de frio. Com mais de 60 metros quadrados de área verde por habitante, a preservação da natureza e conscientização da população faz com que seja extremamente raro encontrar sujeira pelas ruas. A capital paranaense é a capital com menor índice de analfabetismo no Brasil e seus modelos modernos e planejados de construções são exemplos para outros países.

  1. São Caetano do Sul, São Paulo

Com IDH de 0,862, média considerada muito alta, a cidade está localizada no ABC paulista e possui pouco mais de 160 mil habitantes. No entanto, mesmo assim o município tem cara de metrópole, com diversos prédios e bastante movimento de automóveis. A renda per capita é de mais de 2 mil reais, sendo a mais alta do país, além de ser exemplo quando falamos em educação.

  1. Vitória, Espírito Santo

A capital do Espírito Santo possui o maior PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil, além de possuir diversas praias, patrimônios cultural e arquitetônico e vários parques. Além disso, a renda per capita é de R$1866,00 sendo o indicador que mais influencia sua colocação na lista de melhores cidades para morar. Inclusive, em 2017 ela foi eleita a melhor cidade da região sudeste para viver, com economia aquecida e boa qualidade de vida.

  1. Niterói, Rio de Janeiro

Com mais de meio milhão de habitantes, Niterói possui o maior IDH do estado do Rio de Janeiro, além de ser a terceira cidade mais visitada da região. Com a segunda maior renda per capita do Brasil, Niterói é um dos principais centros financeiros, comerciais e industriais do Rio de Janeiro e isso se deve principalmente pela proximidade com a capital e os investimentos industriais em setores ligados ao petróleo e gás.

  1. Joaçaba, Santa Catarina

Por sua localização estratégia, a cidade foi palco de diversas e grandes disputas territoriais. Joaçaba possui um importante centro comercial e industrial, sendo um polo econômico e político no estado de Santa Catarina. Além disso, também é referência em eventos empresariais, centros universitários e grau de escolarização. Um ponto muito positivo é que Joaçaba é uma cidade pequena e sua população vive em média 78 anos, sendo considerada uma boa expectativa de vida.

  1. Santos, São Paulo

Santos possui IDH de 0,840 e abriga o maio porto da América Latina, responsável pela maior parte das atividades econômicas e por mais de 50% do PIB brasileiro. Mas, além da zona portuária, setores como turismo, comércio e pesca também são influentes em sua economia. Essa é a maior cidade do litoral paulista sendo também uma das melhores cidades para se hospedar, visto que possui valores considerados mais em conta.

  1. Florianópolis, Santa Catarina

Mais uma cidade catarinense da lista, mostrando que o estado é referência em qualidade de vida. A Ilha da Magia conta com pouco mais de 500 mil habitantes e alto IDH, sendo não apenas um dos principais pontos turísticos do país, como também uma cidade extremamente desenvolvida e conectada. Considerada o Vale do Silício da América Latina, Floripa tem muito a oferecer para seus moradores.

Então, agora que você sabe quais são as melhores cidades para viver bem no Brasil, já pode escolher a que mais atende suas necessidades e preferências.

, , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

8 + 4 =